Vox Patriae

Julho 07 2010

 

Há muito que não vou a Idanha-a-Nova! Há demasiado tempo, mesmo. Ainda tentei arranjar agenda para lá ir no fim-de-semana, mas nem assim consegui. Entretanto muitas notícias me foram chegando, sem que tenha tido tempo de nelas pensar, entre exames e tantas outras solicitações, que vou tentando resolver para deixar Agosto em aberto, aí sim para desfrutar das melhores férias que posso desejar: aquele mês na terra...

 

Banco Social de Roupas e Bens

Uma excelente iniciativa da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova: Um Banco Social de Roupas e Bens, para apoiar os mais carenciados do concelho através da solidariedade dos seus conterrâneos. Embora o Regulamento que esteve em discussão pública não seja o ideal, não tem nada de grave a apontar. A intenção da autarquia é louvável e agora aguarda-se a boa vontade dos voluntários (que tenho a certeza que não faltarão) e dos idanhenses, que demonstrarão, certamente, o seu espírito solidário para com os seus "vizinhos" mais necessitados.

 

Programa Polis Tejo

O Programa Polis está pensado para a requalificação de centros urbanos e a intenção de o transportar para os rios e, neste caso concreto, para o rio Tejo, é um bom sinal. Todavia, há que conciliar vontades e prioridades dos concelhos, nomeadamente Vila Velha de Ródão, Castelo Branco e a nossa Idanha-a-Nova. A aposta terá de ser a agricultura e o apoio aos jovens e pequenos produtores, mas não ficar por aí. Se o investimento o permitir, há que relevar o turismo rural, de natureza. É uma boa intenção, mas de que se tem de ter mais pormenores. Acompanharemos com atenção.

 

Hotel de Palha em Idanha

Isto sim, mais uma boa notícia. Investimento no concelho, em Salvaterra do Extremo. Um desafio que aposta no turismo rural e que vai, com certeza, colher frutos. E mais uma prova da amizade que o concelho de Idanha tem com a Natureza: um hotel completamente feito de palha e pedra. Um conceito interessante, que acompanharemos e visitaremos assim que possível.

 

Azeite de Idanha

A Coopagrol (Cooperativa Agrícola dos Olivicultores do Ladoeiro) aposta, este ano, em garrafas com o nome das várias freguesias do concelho de Idanha-a-Nova, adoptando o concelho Message in a Bottle. A ideia é interessante, no sentido de aliar a produção cooperativa tradicional a uma nova forma de abordagem do cliente e, paralelamente, uma autêntica campanha de marketing e divulgação da região. É algo de muito criativo, digno de nota. Nos dias que correm, com o mercado competitivo neste tipo de produtos, há que inovar e este é um dos caminhos. A aposta tem de ser sempre na inovação e criatividade aliadas a produtos de qualidade, que não faltam pelas nossas terras.

 

Toxicodependência

O Centro de Respostas Integradas de Castelo Branco do Instituto da Droga e da Toxicodependência direcciona a sua atenção para o concelho de Idanha, com um conjunto de iniciativas que têm como destinatários principais os jovens do concelho. É importante dar relevo a esta iniciativa: será o próprio instituto a desenvolver um conjunto de actividades para os jovens, com o objectivo de os sensibilizar para os perigos do consumo de drogas e alterar algumas mentalidades quanto ao alcóol, por exemplo, cuja dependência muitas vezes não é assumida como uma verdadeira toxicodependência. A acompanhar...

 

Desporto de Natureza para os lados da Zebreira

A Zebreira vai receber um Festival de Desportos da Natureza. Muito interessante, num concelho que tem todas as condições para ser centro deste tipo de turismo e de prática de modalidades mais radicais.

 

Volta a Portugal

E parece que este ano, mais uma vez, uma das etapas da volta terá início em Idanha! É sempre uma alegria acolher as tantas pessoas que passam pelo concelho para seguir a prova, receber atletas de topo, órgãos de comunicação social que dão visibilidade à vila e ao concelho. Lá estarei.

 

GNR em formação

Muitos elementos do posto da GNR de Idanha-a-Nova estão a receber uma formação de inglês a que se vão juntar outras que estão previstas, pelo que me chegou, nomeadamente em informática. É muito positivo, considerando a aposta crescente no turismo e na internacionalização do público-alvo da oferta turística do concelho. Mais que isso, a formação de recursos humanos, na GNR como em qualquer outra instituição, é sempre algo que dota as organizações de outro tipo de capacidades. De louvar a iniciativa e a disponibilidade dos guardas. Fica a nota e o desejo de ver esta vontade noutras áreas profissionais do concelho.

 

Casa do Concelho de Idanha-a-Nova em Lisboa

O Grupo de Adufeiras da Casa do Concelho de Idanha-a-Nova em Lisboa tem andado em tudo o que é programa de televisão, festa ou evento mais tradicional. Há que destacar o papel que a Casa do Concelho em Lisboa desempenha no sentido de dinamizar e dignificar o nome e a bandeira do concelho por este país. Estão de parabéns aqueles que a dirigem. Em breve irei à Avenida da Liberdade conhecer os cantos à casa.

 

Boom a chegar

O Boom Festival está a chegar... Multiplicam-se as notícias, as especulações, as novidades, as previsões. Este ano, como de resto em todos, a iniciativa promete. É um momento alto na vida económica do concelho, que se torna absolutamente internacional, uma verdadeira cidade sediada no Mundo, entre tantas nacionalidades. Até à lua cheia de Agosto muito tempo há para ir falando das novidades que vão chegando, e não são poucas...

 

A polémica das portagens

Não tenho posição firme e absoluta na questão da introdução de portagens nas SCUT (Auto-estradas sem custo para o utilizador), sendo que me inclino mais para a defesa do critério utilizador-pagador. Todavia, em concreto no caso da A-23, não há grande alternativas a esta auto-estrada que, para todos os efeitos, é uma excelente via de comunicação entre terras do interior e de ligação destas regiões mais distantes ao centro do país e à capital. É importante ver as alternativas (que são poucas), fazer o estudo de impacto económico e aí sim, tomar decisões. Já chega de decisões de ânimo leve nos órgãos de poder. Já vimos ao que isso nos levou. Responsabilidade pede-se aqueles que governam e que decidem, muitas vezes, sobre o futuro de regiões, que não são mais que a terra das pessoas, onde vivem e trabalham e, muitas vezes, tantas dificuldades sentem em por lá se manterem.

publicado por André S. Machado às 23:56

Um blog de André S. Machado
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
17

18
19
22
24

25
26
28
29
30


Ligações
Pesquisa
 
blogs SAPO