Vox Patriae

Outubro 30 2010

 

Termino hoje o longo jejum de Blogosfera para escrever, sempre com gosto especial, sobre a região de Idanha-a-Nova, em que me encontro por estes dias, aproveitando o fim-de-semana prolongado.

 

Escrevo sobre boas notícias que, em tempos de crise, escasseiam e muitas vezes passam despercebidas. A Cooperativa de Queijos da Beira Baixa arrematou dois prémios e um segundo lugar num importante concurso a nível nacional. Um reconhecimento que surge no momento em que se efectiva um investimento na ordem dos 600 mil euros, numa produção tradicional que se identifica com a cultura gastronómica do concelho de Idanha e com a região da Beira Baixa. Esta notícia, num período em que apenas se fala em "recessão", "défice" e outros termos do género, é motivo de alegria, ainda para mais numa região com tanta necessidade de empreendedorismo e de espírito de iniciativa empresarial. É o interior a dar o exemplo, quando todo o país caminha para dias ainda mais difíceis.

 

Entretanto, Idanha está por todo o lado na comunicação social por um homicídio de estranhas circunstâncias em que alguns meios aproveitam para (sejamos francos) ridicularizar algumas pessoas e situações. Não tenho acompanhado o processo e não me interessa muito, para ser sincero. O que eu sei é que Idanha dá muitos exemplos de vitalidade e de aposta nas suas potencialidades, como foi o recentemente organizado Festival do Casqueiro em Idanha-a-Velha, e apenas merece atenção dos media quando algo de mais caricato acontece, num concelho que, por norma, não pode ser mais tranquilo. São as chamadas "opções jornalísticas". Respeito, mas enfim...

publicado por André S. Machado às 21:14

Um blog de André S. Machado
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29



Ligações
Pesquisa
 
blogs SAPO