Vox Patriae

Dezembro 04 2010

 

30 anos depois recordam-se os homens, os políticos, os estadistas que foram Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa. Muitos perguntam-se como seria Portugal se não tivesse existido o fatídico dia 4 de Dezembro de 1980. Outros continuam a debater o crime vs o acidente. Outros, ainda, dissertam sobre o pensamento político de dois homens que marcaram a história do séc. XX português, após a revolução de Abril. O facto é que ainda hoje, trinta anos após a sua morte, Sá Carneiro e Amaro da Costa continuam a povoar o debate político, nem que seja pela esperança que representaram num Portugal que consolidava a democracia e partia para novos desafios.

 

Neste 4 de Dezembro o mais importante é recordar o exemplo destes dois vultos da história política portuguesa, homenageando a sua memória. No aniversário da sua morte, como de qualquer outra pessoa, o que mais releva é o sentimento de quem com eles teve o privilégio de privar. No fundo, a verdadeira homenagem está em todos os outros dias que não este 4 de Dezembro: está no que cada um de nós pode fazer pelo seu país. Honremos a memória de Sá Carneiro e Amaro da Costa seguindo o seu exemplo de dedicação e sacrifício pela causa nacional.

 

Adelino Amaro da Costa e Sá Carneiro vivem. Hoje e sempre.

publicado por André S. Machado às 14:49

Um blog de André S. Machado
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
23
25

26
27
28
29
30
31


Ligações
Pesquisa
 
blogs SAPO