Vox Patriae

Dezembro 16 2009

 

O Club Setubalense é uma das mais antigas agremiações culturais portuguesas, com 154 anos de existência, celebrados no passado dia 14 de Novembro (aniversário da AAFDL, também, curiosamente).

Estou ligado ao Club há cerca de quatro anos, quando fiz parte da equipa que fundou o seu Núcleo Jovem, do qual sou hoje, Presidente da Assembleia Geral. Acompanho, por isso, com especial atenção, toda a actividade desta instituição que tanto me diz, pela sua história e pelas excelentes pessoas que no Club tive a oportunidade de conhecer.

 

Cheguei, há pouco de uma Assembleia Geral que elegeu uma nova direcção, por 22 votos, contra 30 abstenções e um voto nulo... Que péssimo sinal para o futuro próximo! Preocupa-me este estado de coisas:

Preocupa-me, porque há pessoas extremamente válidas que foram postas de parte;

Preocupa-me, porque, nos últimos dias, foram feitas afirmações muito graves sobre várias pessoas ligadas ao Club;

Preocupa-me, porque os sócios se manifestaram desta forma e não prevejo nada de bom para os próximos tempos.

 

O associativismo local, bem como todo o associativismo, vivem dias difíceis, com as dificuldades de sempre... No Club essas dificuldades fazem-se sentir hoje, mais do que nunca. É preciso encontrar solução de união e agregação dos sócios em torno de um projecto de sustentabilidade da instituição, aliado à prossecução dos objectivos de sempre do Club Setubalense, que tem uma identidade fortemente vincada, pelo peso da sua história.

 

Sou franco, não estou muito optimista para o futuro. Espero, apenas, estar enganado.

Da minha parte, continuarei a dar o meu melhor, dentro das minhas possibilidades, na qualidade de Presidente da AG do Núcleo Jovem e, sempre, na qualidade de sócio do Club Setubalense.

 

Resta-me deixar as minhas felicitações aos órgãos eleitos, esta noite, após o ter feito pessoalmente, no encerramento dos trabalhos.

Que os recentes acontecimentos sejam passado e que se consigam encontrar as soluções que o Club precisa tanto, para um futuro com perspectivas de sucesso não só para si, mas também para Setúbal e, como sempre o fez, para o progresso cultural deste nosso tão querido país.

publicado por André S. Machado às 00:22

Um blog de André S. Machado
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
18

20
23
25
26

27
28


Ligações
Pesquisa
 
subscrever feeds
blogs SAPO