Vox Patriae

Maio 30 2010
Decorreu, ontem, em Oslo, mais uma edição do Festival Eurovisão da Canção. Neste ano de 2010 a vencedora foi a Alemanha, por uma larga margem de votos. Portugal, que chegou à final após participação na semi-final, alcançou o 18º lugar, num conjunto de 25 concorrentes. Parabéns à Filipa Azevedo e a toda a equipa.
O ESC sempre foi um evento significativo. Tempos houve em que o país parava para acompanhar a prestação dos portugueses. Hoje já não tem tanta visibilidade, nem cá nem lá. Talvez por serem poucos aqueles que continuam a cantar na sua língua natal, com coreografias identificadoras da cultura de cada um dos países concorrentes.
Num concurso em que a larga maioria das canções foram interpretadas em inglês, o Reino Unido ficou em último lugar (!), com apenas 10 pontos. Será que isto não significa qualquer coisa?
Bem sei que os vencedores também não são propriamente os cantores mais típicos da Alemanha, mas as melhores canções, aquelas que mais entusiasmam, são aquelas que apelam às características e identidade de cada um dos países que se fazem representar. Só assim o ESC faz sentido.
publicado por André S. Machado às 16:39

Um blog de André S. Machado
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

16
17
22

27
28



Ligações
Pesquisa
 
subscrever feeds
blogs SAPO