Vox Patriae

Maio 24 2010

 

Justa e merecida a homenagem que a Caras e a SIC promoveram a Artur Agostinho, com a entrega do Globo de Ouro de Mérito e Excelência. É importante relevar pessoas como Agostinho que conta com 71 anos de carreira na comunicação. É um rosto da sociedade portuguesa e um senador da televisão por cá.

 

Homenagem no seio de uma gala muito bem conseguida e organizada. Os Globos de Ouro têm algo de muito importante: Publicitam e reconhecem (lá está) o mérito e a excelência de vários profissionais e artistas portugueses, numa cerimónia sempre interessante de seguir. É a prova de que podemos muito bem organizar eventos de topo: Os Globos de Ouro são apenas mais uma festa, no meio de tanta coisa que já se fez de muito bom. Desde os cinquenta anos da RTP (lindíssima cerimónia) até aos Laureus Awards, passando por tanta coisa boa que já foi feito.

publicado por André S. Machado às 02:30

Maio 23 2010
José Mourinho é campeão europeu, de novo. Desta feita, levou o Inter à vitória 45 anos depois, numa conquista que encerra uma época em que o FC Internazionale ganhou tudo o que havia para ganhar.
Depois do sucesso no FC Porto e no Chelsea, Mourinho continua a vencer no Inter. É um exemplo de excelência naquilo que faz. Hoje, como português, sinto-me orgulhoso por um compatriota que está a fazer história no Futebol.
Em Portugal seguiu-se a final quase como se de uma equipa portuguesa se tratasse. É muito bom ver este espírito de união e de apreço por um compatriota que atinge este nível de sucesso. É preciso transportar esse espírito para tantas outras modalidades e, digo eu, para outras áreas da vida, numa altura em que é preciso olhar para o país com outra dedicação.
Parabéns, José Mourinho. Obrigado!
publicado por André S. Machado às 19:41

Maio 21 2010

 

Chegam-me notícias de que foi criada uma forma de vida artificial. Informação veículada pela revista Science, que publicou o estudo que o afirma.

 

Este estudo e pretensa "conquista científica" levanta importantes questões científicas, mas sobretudo muitas e sérias questões éticas, morais e filosóficas. O mundo da Ciência estará preparado para este momento? Ou melhor: estará preparado para este debate? Eu sei bem que não estou preparado para o debate, como aliás a sociedade não está.

 

Apenas desejo que esta notícia não passe despercebida, porque a sua relevância está longe de ser residual. Tratamos de matérias fundamentais no plano ético, filosófico e mesmo identificador daquilo que são os limites da ciência e do próprio Ser Humano e da Natureza.

publicado por André S. Machado às 03:58

Maio 21 2010

A prudência dos cobardes assemelha-se à luz das velas: ilumina mal, porque treme (Victor Hugo)

 

Desde que me iniciei nestas lides de blogs tive de lidar com o mais variado tipo de pessoas, em caixas de comentários. Sempre procurei aprofundar posições, com aqueles que comigo concordaram; abrir o espírito, reflectir e retirar algo positivo, nas críticas de que fui alvo; dinamizar o debate, com aqueles de que discordo, ao mesmo tempo que limava argumentos com aqueles que comigo partilharam posições. Muitas vezes participei em discussões mais acaloradas, mas houve algo de que nunca prescindi: respeito. Nunca faltei ao respeito a quem comigo debatia e esgrimia argumentos. É um princípio fundamental de toda a minha actividade "blogoesférica", como aliás, de todos os aspectos da minha vida.

 

Por isso lido mal com faltas de respeito, ainda mais quando são protagonizadas por quem se esconde, de forma cobarde, atrás do anonimato, refúgio dos fracos e medrosos. Recentemente, por força do meu envolvimento em momentos eleitorais mais vivos, digamos assim, o meu nome foi utilizado nos mais diversos espaços (anónimos, está claro). De mim nunca obtiveram resposta por duas razões fundamentais: Primeira, porque tenho para mim que não devo diminuir a minha dignidade ao responder a ataques gratuitos e infundados, que geralmente provêm de ignorantes ou pobres coitados que vivem na sua inveja ou pura e infeliz vontade de insultar; Segunda, porque recordo sempre Shaw, quando dizia que o silêncio é a mais profunda expressão do desprezo, e no meu entendimento, é a única resposta que merecem os cobardes.

 

É muito confortável, para o cobarde, insultar e ofender a honra de outros atrás de um ecrã de computador, ao abrigo de um anonimato que o liberta de responsabilidade, mas sobretudo da possibilidade do justo contraditório. Cada ofensa visa, apenas e só, diminuir alguém na sua honra, mas resulta, em verdade, na diminuição da própria dignidade de quem ofende. O ataque sob a capa do anonimato diz mais do que insulta, do que daquele que é insultado.

 

Surge-me esta questão, por ver amigos meus, que muito considero, serem alvo do que eu já fui. A eles, permito-me aconselhar, humildemente, que não considerem irrelevâncias; que ignorem os urros de quem escolhe o véu do anonimato ao bom cara-a-cara; sobretudo, que não se diminuam, ao dar atenção, resposta ou relevência a pessoas ou matérias que não merecem o vosso espaço nem o vosso tempo.

 

Com efeito, o anonimato nos blogs mais não é que a transposição do que existe no mundo mais palpável. Campanhas de destruição de carácter e campanhas de ódio sempre houve, independentemente dos meios que foram sendo utilizados: a Internet apenas abre (muitas) mais portas para os cobardes se realizarem na miserabilidade da sua postura e forma de estar. Tão grave como o não assinar posts ou comentários é a conversa de corredor, é a carta anónima, é a mensagem ou telefonema de número desconhecido, é o rumor, é o boato, é tanta outra coisa com que temos de lidar... E, francamente, ainda bem que temos de lidar com estes fenómenos, porque de certa forma são uma aprendizagem.

 

Com a certeza de que ainda terei, e teremos todos, de enfrentar muitas mais situações como as que motivaram estas linhas, termino com a profunda convicção de que a opção do silêncio é a ideal. Só através do desprezo pela ofensa a desvalorizamos, não entrando no campo do insulto (onde os cobardes nos vencem) e não diminuindo a nossa própria dignidade. Estou certo da realização destas opções, assentes na força da luz que nunca treme: na força do carácter.

 

Publicado em Postura de Estado

publicado por André S. Machado às 03:51

Maio 21 2010
Hermann Hesse (2 de Julho 1877 - 9 de Agosto 1962)
Ninguém pode ver ou compreender nos outros aquilo o que não tiver vivido
O homem culto é apenas mais culto; nem sempre é mais inteligente que o homem simples
Um Ser Humano só cumpre o seu dever quando quando tenta aperfeiçoar os dotes que a Natureza lhe deu
Para que resulte o possível deve ser tentado o impossível
Felicidade é um "como" e não um "quê"
Solidão é o modo que o destino encontra para levar o homem a si mesmo
publicado por André S. Machado às 00:15

Maio 20 2010

 

Hoje é o 4º aniversário da renovada Praça do Campo Pequeno. Nesta autêntica noite de Verão, teremos touros na praça grande, com um cartel de excelência que em cima se apresenta.

À empresa do Campo Pequeno e a todos os aficionados que acorrem a esta praça, um gigantesco bem haja! Viva a festa!

 

Aproveito, também, para saudar a nova associação "Prótoiro", que visa agregar as associações taurinas, na defesa da festa brava. Votos de enorme sucesso!

publicado por André S. Machado às 23:47

Maio 20 2010

 

Ao Jornal Reconquista, pelos seus 65 anos de publicações! Uma linha editorial de excelência, num jornal de âmbito regional, através do qual me habituei a actualizar sobre os assuntos desse distrito de Castelo Branco, a que me unem fortes laços afectivos e familiares.

Votos de continuação de um excelente trabalho, para um jornal que se adaptou às novas formas de comunicação e já chegou à Internet: Reconquista.pt.

 

 

Também a Rádio Clube de Monsanto (na Internet: aqui) está de parabéns pelos seus 25 anos de emissão! O programa de comemorações deste quarto de século inicia-se já no próximo domingo, dia 23 de Maio, com a apresentação de um livro sobre a história desta rádio local, do concelho de Idanha-a-Nova, no Centro Cultural Raiano. O programa estende-se até 1 de Dezembro, quando será celebrada uma Missa em sufrágio dos sócios e amigos da RCM e será apresentada a medalha de comemoração dos 25 anos. Seguirei, com atenção, as comemorações, tentando estar presente, pelo menos, no jantar popular, de dia 14 de Agosto.

À Rádio Clube de Monsanto os votos de continuação de um excelente trabalho e enorme sucesso para mais 25, 50, 100 anos ao serviço do povo de Monsanto e Idanha-a-Nova!

publicado por André S. Machado às 16:55

Maio 19 2010

O Presidente Lula da Silva está em Portugal para a Cimeira Luso-Brasileira.

 

A política externa de Portugal tem uma estrutua fundamental assente nas relações com a União Europeia, com os Estados Unidos e com o Mundo Lusófono. O Brasil, enquanto potência económica emergente, ou melhor, assumida, tem de ser tomado como prioridade para as nossas empresas e relações económicas privilegiadas. Os fortes laços identitários que nos unem podem trazer muito de bom para ambos os países.

 

Quanto a Lula da Silva, prepara-se para deixar a presidência do governo brasileiro... Nos últimos tempos correram rumores quanto ao seu futuro, mas aguardemos. Certo é que nos últimos anos foi-se tornando uma figura incontornável e a sua simplicidade e humildade, mesmo na liderança de uma potência emergente, valeu-lhe créditos firmados a nível internacional, que lhe permitem até presidir a negociações com o Irão sobre assuntos dos mais delicados, actualmente.

publicado por André S. Machado às 22:51

Maio 19 2010

Horácio Roque, fundador e figura de proa do Banco Banif, morreu, aos 66 anos.

 

Parte um exemplo de empreendedorismo e de coragem face às adversidades. Um modelo de dedicação e trabalho. Um homem com um percurso de vida extraordinário.

O país perde uma figura da banca, mas sobretudo uma imagem daquilo que caracteriza o bom português empenhado e trabalhador.

 

Paz à sua alma.

publicado por André S. Machado às 21:59

Maio 18 2010
O PCP apresentou, hoje, uma moção de censura contra o Governo e declarou que esta se estende ao PSD.
 
A moção de censura é uma figura constitucionalmente consagrada (194º CRP) que a ser aprovada provoca a demissão do Governo nos termos do art. 195º nº1 al. f) da Lei Fundamental. É, por isso mesmo, um instrumento da mais elevada importância política e deve ser usado com responsabilidade pelas forças políticas representadas na Assembleia da República.
 
Pelo que entendi, numa leitura diagonal, é mais um documento tipicamente comunista, que eleva o "sistema capitalista", a "União Europeia" e "os grandes grupos económicos" como os grandes inimigos do povo.
Mas mais que isso, é um acto de puro oportunismo político: Numa altura em que o país enfrenta uma grave crise financeira e económica, o PCP propõe-se juntar uma crise política; Mais, são criticadas rigorosamente todas as medidas do chamado "plano de austeridade", mas não é apresentanda nem nunca ouvi do PCP uma proposta alternativa às medidas que estão a ser tomadas; Afirma-se a moção extensível ao PSD, solução juridicamente inexistente e de puro discurso recheado da já antiga demagogia comunista.
 
Enfim... A figura da censura ao governo merece maior respeito, por ser um último recurso e corre-se o risco de se banalizar os debates nesta sede. A apresentação desta moção é uma tentativa infrutífera de chegar aos portugueses como os cavalos de batalha contra a um plano que traz consigo dificuldades e sacrifícios, mas utilizar esse plano inevitável (?) é, como escrevo em cima, puro oportunismo político.
 
Sexta-feira será discutida a moção e, tudo indica, inviabilizada com os votos contra do PS e a abstenção do PSD. Veremos como corre o debate para Sócrates, enfraquecido pela impopularidade das medidas de que é o rosto; e para a nova liderança do PSD no Parlamento, que terá de jogar com o facto de viabilizar o plano de austeridade. No meio de tudo isto, Bloco junta-se a PCP na crítica pela crítica. O CDS-PP terá de tentar ganhar novo fôlego, num debate em que a colocação ao lado da esquerda parlamentar não será muito prudente.
publicado por André S. Machado às 23:33

Um blog de André S. Machado
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10

16
17
22

27
28



Ligações
Pesquisa
 
subscrever feeds
blogs SAPO