Vox Patriae

Fevereiro 01 2010

 

Este artigo de Mário Crespo seria publicado, hoje, no Jornal de Notícias. Nele encontramos afirmações de uma gravidade considerável sobre o Primeiro-Ministro, Ministro dos Assuntos Parlamentares e Ministro da Presidência.

É mais um momento que se vem acrescentar ao caso Manuela Moura Guedes, à extinção do jornal de sexta-feira da TVI, à confusão com o programa do Prof. Rebelo de Sousa... Tudo isto resulta no lugar que Portugal ocupa (e vai descendo na escala) na tabela de países com mais ou menos liberdade de expressão.

 

Uma democracia vive, também, da crítica. O silenciar da comunicação social ou o impedimento de qualquer personalidade de defender o seu ponto de vista e, por vezes, a sua honra, é um atentado a um direito exaltado pela República que se celebra este ano e pelo regime do pós-74.

Se as afirmações de Mário Crespo são graves, mais grave é impedir que sejam divulgadas. Mérito para o Instituto Sá Carneiro que as publica e para Mário Crespo que não se deixa silenciar por quem quer que seja.

publicado por André S. Machado às 14:29

Um blog de André S. Machado
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15

22
24

28


Ligações
Pesquisa
 
blogs SAPO