Vox Patriae

Abril 23 2010

Se não fui claro no post anterior, importa esclarecer que não posso deixar de condenar a comparação que se retira da interpretação do enunciado do teste, entre pessoas homossexuais e animais. No entanto, importa também ter presente que tudo reside no pormenor do excerto "complemento à lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo": Sem este pormenor tudo seria diferente, mas como escrevi, Paulo Otero não descura este tipo de pormenores.

 

Porém, o que motiva estas linhas é o entusiasmo que hoje senti, na Faculdade, da parte de todos, com a discussão da situação. Todos têm uma opinião, todos querem dar a sua opinião, todos falam com todos! Isto é positivo, é a Academia mais viva.

Não posso deixar, no entanto, de lamentar que o mesmo nível de entusiasmo não se verifique em matérias tão ou mais importante como é a difícil situação do Regulamento de Avaliação, que devia mobilizar todos os alunos; com a situação precária da época de recurso e ainda mais da época especial de finalistas; com o debate que se impõe sobre a Acção Social, numa época de dificuldades para todos... Enfim, também aqui e, porventura, com maior relevância, importava assistir a esta vida, a esta vontade de ter e dar opinião, a este sentimento de que a Academia somos todos nós.

 

E a mediatização continua por aí... Não gosto de ver a minha faculdade na ribalta por estas razões. Hoje, um professor dizia que, no meio de tudo isto, o que mais temia era pela imagem da instituição. Como partilho esta opinião! Já o escrevi e reitero: Se todos sentimos a Academia, importa defender o seu prestígio, não lançando o seu nome na lama, com questões pontuais como é esta. Há muitos outros assuntos que mereceriam esta atenção dos media e, muitas vezes, são postos de lado.

publicado por André S. Machado às 19:10

Um blog de André S. Machado
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

16

18
20
21
22

26
27


Ligações
Pesquisa
 
blogs SAPO