Vox Patriae

Junho 18 2010

 

Mexer nos feriados não me parece tão má ideia assim, mas há que ter alguns factores em consideração.

 

Os dias feriados também fazem parte da identidade cultural portuguesa e, ao longo de muitos anos ganhámos o hábito, ou melhor, o costume de celebrar determinadas efemérides.

Se nos feriados civis a polémica é relativa, nos religiosos ganha outra dimensão: mexe com tradições seculares e, juridicamente, com a Concordata com a Santa Sé.

 

Tenho para mim que não faz sentido alterar feriados. Das duas uma: Ou se mantêm ou se eliminam. Ficaria apenas o significado do dia e as normais celebrações, tradicionais, mas sem interrupção do período laboral. Agora deslocar feriados é descaracterizá-los, à partida.

Ou se celebra a restauração da independência a 1 de Dezembro ou não há feriado, faz algum sentido alterar para um outro dia?

 

Enfim, os tempos são difíceis e as soluções que se vão encontrando não abonam a favor de quem legisla... Exige-se mais do que fait-divers...

publicado por André S. Machado às 12:26

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Um blog de André S. Machado
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
14
15
16
17
19

21
22
23
26

27
29


Ligações
Pesquisa
 
subscrever feeds
blogs SAPO